Blogger Templates

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

FOI DEUS

Foi Deus
Que me entregou de presente você
Eu que sonhava um dia viver
Um grande amor assim
Foi Deus

Foi Deus
Numa oração que um dia eu pedi
Acorrentado em teus olhos me vi
Quando te vi pela primeira vez

Foi Deus
Que me entregou de presente você
No teu sorriso hoje eu quero viver


No teu abraço encontrei minha paz


Valeu
Ter esperado o tempo passar
Pra de uma vez meu amor entregar
E não sentir solidão nunca mais

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

PARQUE DA XUXA

Fomos domingo no Parque da Xuxa, o João Vitor estava pedindo ha tempos para ir lá e agora que conheci uma companhia de excurções aproveitei pra levá-lo para se divertir. Um dia antes ele falou que ia dormir mais cedo , no dia seguinte qdo eu o acordei ele perguntou se tinha escolinha e eu falei que não que iamos no parque da Xuxa ,ele deu um sorrisão e um pulo da cama , acordou todo feliz..Foi divertido ele aproveitou muito e nós também afinal ver o sorriso na carinha de um filho não tem preço!!!




















sexta-feira, 17 de agosto de 2012

DIA 15 DE AGOSTO FOI DIA DA GRÁVIDA

Foi dia 15 dia da grávida, me lembro de quando estava grávida tenho muitas saudades, foi um momento  mágico da minha vida! <3 br="br">











quarta-feira, 15 de agosto de 2012

NOITE DO CALDINHO HOMENAGEM AO DIA DOS PAIS




Foi na 5ª feira passada,  evento realizado pela escola do João Vitor, foi muito legal ,as crianças fizeram uma apresentação linda e depois fomos aos comes e bebes, caldinhos vegetarianos com suco e de sobremesa musse de chocolate!!!

sábado, 11 de agosto de 2012

FELIZ DIA DOS PAIS
















Pai
Pode ser que daqui algum tempo
Haja tempo pra gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos
Pai e filho talvez
Pai
Pode ser que dai você sinta
Qualquer coisa entre esses 20 ou 30
Longos anos em busca de paz
Pai
Pode crer eu vou bem eu tô indo
Tô tentando vivendo e pedindo
Com loucura pra você renascer
Pai
Eu não faço questão de ser tudo
Só não quero e não vou ficar mudo
Pra falar de amor pra você
Pai
Senta aqui que o jantar tá mesa
Fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensina esse jogo da vida
Onde vida só paga pra ver
Pai
Me perdoa essa insegurança
É que eu não sou mais aquela criança
Que um dia morrendo de medo
Nos seus braços você fez segredo
Nos seus passos você foi mais eu, eu, eu
Pai
Eu cresci e não houve outro jeito
Quero só recostar no teu peito
E pedir pra você ir lá em casa
E brincar com vovô com meu filho
No tapete da sala de estar
Pai
Você foi meu herói, meu bandido
Hoje é mais muito mais que um amigo
Nem você, nem ninguém tá sozinho
Você faz parte desse caminho
Que hoje eu sigo em paz
Pai
Paz